IMG_7176

Uma amiga chamou-me a atenção para os ramos partidos que se podem ver nesta imagem. Julgou serem cordas ou trapos, vestígios de um qualquer ritual pagão ou algo do género.

Este é um dos castanheiros que sobreviveram a um fogo terrível na terra dos meus pais. Uma zona mágica que foi cenário para muitas das minhas fantasias de criança.

O Souto, cheio de castanheiros, quebrava a monotonia dos pinheiros e eucaliptos que vamos encontrando por esse país. Infelizmente, em 2005, num desses muitos fogos de verão, grande parte desta floresta desapareceu.

Este resistente castanheiro torna-se, por isso, o símbolo do Solstício de Inverno, símbolo da necessidade de repouso da terra e da promessa de rejuvenescimento.

Boas Festas