Vargas Llosa: “Escrever para os tablets banalizará a literatura”

Curiosamente, ninguém se queixa da banalização dos livros a propósito das edições de bolso…